A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Estatuto de economia de mercado aproxima Ucrânia da União Europeia

Estatuto de economia de mercado aproxima Ucrânia da União Europeia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Como esperado, a Europa atribui o estatuto de economia de mercado à Ucrânia. Este é o principal resultado da Cimeira UE-Uccrânia, que decorreu esta quinta-feira em Kiev. Mas as duas partes selaram também um acordo em matéria de energia, transporte aéreo e comunicações, incluindo a participação de Kiev no projecto europeu de navegação por satélite, Galileo. A União e Kiev comprometeram-se também a rever os regimes des vistos no primeiro semestre de 2006.

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, afirmou que “o futuro da Ucrânia é na Europa e agora estamos a construir este futuro com passos concretos: hoje, a economia de mercado, depois a adesão à OMC, a possibilidade de um acordo de comércio livre.”

A aspiração máxima desta antiga república soviética é a adesão à União Europeia, mas tal passo não será para já. Embora a atribuição do estatuto de mercado seja vista como o primeiro de todos os passos nessa via.

Um ano depois da Revolução Laranja, Kiev recebe este estatuto de braços abertos. Uma boa notícia para a economia ucraniana e também para o presidente Viktor Iuschenko, cuja popularidade está em baixa, a três meses das legislativas.