Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Rússia inaugura início da construção do gásoduto

Rússia inaugura início da construção do gásoduto
Tamanho do texto Aa Aa

Em Babaievo, a 450 quilómetros a norte de Moscovo, reuniram-se o presidente do gigante Gazprom, Alexei Miller, o primeiro-ministro russo Mikahil Fradkov e o ministro alemão da Economia, Michael Glos para inaugurar o início das obras do gásoduto germano-russo.Este projecto implica um investimento de quatro mil milhões de euros desencadeou uma série de polémicas na Polónia e nos países do báltico.

Com a construção do gásoduto, a Rússia poderá impôr preços de monopólio para a venda do seu gás e conquistar um poder de influência política sobre os seus vizinhos, um receio amplamente manifestado pelo presidente lituano. A Alemanha, principal cliente europeu, tentou desdramatizar.Angela Merkel não foi poupada a críticas mas prometeu criar um grupo de trabalho onde incluirá a Polónia. O consórcio é actualmente composto pela empresa russa, 51% e pelas alemãs BASF e EON que dispõem cada uma 24% em sociedade comum e têm a seu cargo a construção da conduta que ligará o terminal de Vyborg ao nordeste da Alemanha.