A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Blair recebe elogios de Bruxelas.

Blair recebe elogios de Bruxelas.
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Criticado em casa apoiado no exterior. Tony Blair foi esta segunda-feira elogiado internacionalmente por ter renunciado parcialmente ao cheque que o Reino-Unido recebe da União Europeia todos os anos. “ Se quisermos ser justos com o senhor Blair, deveremos reconhecer que teve muita coragem para aceitar este compromisso, visto por muitos como insuficiente, mas que no seu próprio país – perante uma opinião pública à qual deverá respoder, foi considerado excessivo”

Disse o Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, esta manhã em Bruxelas. Uma posição tabém sustentada pelo investigador Jorge Nunez do Centro Europeu de Estudos Politicos de Bruxelas. “ Creio que ele sacrificou parcialmente o cheque britânico, mas por outro lado deu algo substancialmente mais importante. Numa perspectiva algo estranha, poderemos dizer que ao renunciar ao cheque terminou com uma discussão que se estava a descontrolar. Somente a imprensa britânica alega que a anterior situação estava bem, todos os outros achavam-na impossivél”

Na realidade a Grã-Bretanha vai perder por ano 10 mil milhões de euros que recebia da Comissão Europeia mas continuará ainda a receber 5 mil milhões. Uma verba que o Primeiro-ministro Tony Blair só pretende ver discutida se a (PAC) a Politica Agricola Comum for revista, o que não se espera que aconteça, antes de 2013.