A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sri Lanka recorda tsunami com silêncio e preces

Sri Lanka recorda tsunami com silêncio e preces
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Neste dia seguinte ao Natal, o mundo inteiro recorda o tsunami que devastou grande parte da Ásia, há exactamente um ano.

O Sri Lanka lembrou os mortos com uma cerimónia inter-religiosa. O presidente, Mahinda Rajpakse, presidiu à celebração que juntou hindus, cristãos e muçulmanos e teve como ponto alto o tocar dos sinos e dois minutos de silêncio. Simbolicamente, a cerimónia decorreu na cidade de Peralya, no mesmo sítio onde, há um ano, o tsunami causou o descarrilamento de um comboio, que matou 2000 pessoas. O Sri Lanka foi o Estado mais afectado pela catástrofe, depois da Indonésia. Estima-se que tenham morrido 35.000 pessoas, no país, em consequência directa do tsunami.