Última hora
This content is not available in your region

Trabalhadores da AEG marcam greve para sexta-feira

Trabalhadores da AEG marcam greve para sexta-feira
Tamanho do texto Aa Aa

A AEG, filial alemã do grupo sueco Electrolux, vai ser palco de uma greve de duração indeterminada. Essa foi a decisão de 95% dos trabalhadores, tomada através do voto secreto. A greve tem início previsto para esta sexta-feira.

Por detrás da decisão está o anunciado fecho da fábrica de Nuremberga, onde trabalham 1700 pessoas.

O encerramento da unidade está previsto para o final de 2007. O IG Metall, maior sindicato da Alemanha, pede que os trabalhadores afectados pla decisão recebam o salário por inteiro até 2010, além de uma indemnização equivalente a três meses de ordenado.

As negociações entre a Electrolux e os sindicatos fracassaram no mês passado. O grupo quer transferir a produção de máquinas de lavar roupa, actualmente concentrada nesta fábrica, para a Polónia e para a Itália.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.