Última hora

Última hora

Novo apelo à greve promete paralisar o país no dia 28 de Março

Em leitura:

Novo apelo à greve promete paralisar o país no dia 28 de Março

Novo apelo à greve promete paralisar o país no dia 28 de Março
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo francês rejeitou o ultimato que os opositores ao Contrato Primeiro Emprego (CPE) lhe lançaram sábado para que desistisse da normativa. Depois de uma reunião os sindicatos decidiram convocar uma nova paralisação.

Jacky Ditinger, membro da Confederação Francesa dos Trabalhadores Católicos, afirmou que “todas as organizações sindicais apelam a uma nova jornada nacional de manifestações com paralisações de trabalho para o dia 28 exigindo a revogação do CPE”. O primeiro-ministro Dominique de Villepin tinha proposto ajustamentos ao diploma e declarou-se disposto a dialogar, mas os sindicatos apenas aceitam uma coisa, a retirada imediata do CPE. Mais de 300 liceus estão bloqueados, as aulas interrompidas. Treze das mais de 80 universidades estão paralisadas. Entretanto foi instaurado um inquérito para averiguar como um membro do sindicato de extrema-esquerda, Sud, acabou num hospital em estado de coma, depois de ferido durante os confrontos de sábado em Paris, que se sucederam à grande manifestação contra o novo contrato laboral.