Última hora
This content is not available in your region

Perdedores nas eleições ucranianas podem formam governo de coligação

Perdedores nas eleições ucranianas podem formam governo de coligação
Tamanho do texto Aa Aa

Iulia Timoshenko, líder dos liberais pró-ocidente na Ucrânia, está disponível para entrar numa coligação governativa. As manobras políticas começam a ganhar forma, um dia depois do escrutínio.

Apesar dos resultados preliminares darem a vitória ao rival pró-russo de Viktor Yanukovich, Timockenko pode chamar ao governo o partido “A nossa Ucrânia”, de Viktor Iushenko e os socialistas, mantendo Kiev longe da esfera de influência de Moscovo e regressando, de novo, ao posto de primeiro-ministro. Viktor Iushenko, actual presidente, rosto da revolução laranja, é o grande derrotado destas eleições, terá ficado em terceiro lugar e perdeu para Ianukovich, a quem ganhou nas presidenciais de 2004. Os analistas dificilmente o vêm num governo de coligação com Timoshenko. Quanto a Ianukovich foi protagonista de um regresso triunfal com o seu Partido das Regiões ao obter mais de 26 por cento dos votos, o bloco de Timoshenko conseguiu quase 24 por cento e “A nossa Ucrânia” não passou dos 16 por cento. Os resultados oficiais são esperados esta terça-feira.