A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Pelo menos um morto em protestos contra poder do Rei

Pelo menos um morto em protestos contra poder do Rei
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Situação tensa no Nepal. A greve nacional prolonga-se e os principais partidos políticos convocaram novo dia de protestos, desafiando o recolher obrigatório. A população contesta o poder absoluto do Rei Gyanendra e exige a reposição da democracia.

A polícia interveio para acabar com os protestos em Katmandu e em outras cidades, deteve dezenas de pessoas e, em Pokhara, a 200 km a Oeste da capital, baleou mortalmente um manifestante. O movimento de contestação ao Rei Gyanendra, no poder há 14 meses, paralisa o país há três dias e conta com o apoio dos rebeldes maoístas. Nos últimos dias, os combates entre o exército e o grupo de guerrilha, activo há dez anos contra a monarquia, terminaram com quase dezena e meia de mortos.