Última hora
This content is not available in your region

Executivo israelita vota inaptidão de Sharon

Executivo israelita vota inaptidão de Sharon
Tamanho do texto Aa Aa

Ehud Olmert deixou de ser o primeiro-ministro interino de Israel. Durante uma sessão especial esta terça-feira, o executivo declarou Ariel Sharon inapto e oficializou o líder do Kadima no cargo. Todavia esta nomeação prende-se com o governo cessante, uma vez que Ehud Olmert continua a trabalhar para constituir um gabinete, tendo em conta os resultados das eleições de 28 de Março.

De acordo com a lei israelita, o primeiro-ministro é destituído do cargo ao fim de cem dias de inaptidão para exercer as suas funções. A data cumpre-se na sexta-feira. Ariel Sharon continua em estado de coma e por isso permanece internado no hospital Hadassah de Jerusalém. O ex-primeiro-ministro sofreu um acidente vascular cerebral no dia 4 de Janeiro e desde então foi submetido a várias intervenções cirúrgicas, tendo o seu estado de saúde sido sempre qualificado de “crítico mas estável.” Ariel Sharon é o primeiro chefe do executivo a ser considerado inapto na história de Israel.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.