Última hora
This content is not available in your region

Futuro da Constituição em debate em Bruxelas

Futuro da Constituição em debate em Bruxelas
Tamanho do texto Aa Aa

Na antecâmara das celebrações do Dia da Europa, os eurodeputados têm-se concentrado em Bruxelas no debate sobre a Constituição.

O presidente do Parlamento Europeu, Josep Borrell, explica as grandes questões em cima da mesa: “A Europa questiona-se actualmente sobre se esta Constituição entrará em vigor, se é necessário reformular algumas partes e, se for esse o caso, quais e como, se será inclusivamente necessário dar-lhe outro nome… Há quem se questione se não seria melhor abandoná-la… Todos nós nos questionamos sobre que erros cometemos e de que forma se podem reconciliar os povos da Europa com este projecto.”

O parlamento estónio escolheu o Dia da Europa para ratificar a Constituição Europeia, decisão que se produz durante o “período de reflexão” decidido pelos Vinte Cinco após o “não” francês e holandês.

Com a Estónia, serão quinze os países a ter ratificado o Tratado Constitucional. Oito países, incluindo Portugal, decidiram suspender o processo depois de, no Verão passado, franceses e holandeses rejeitarem o texto em referendo.

O “período de reflexão” termina no princípio de Junho.

A Comissão Europeia irá apresentar na quarta-feira as suas propostas a respeito da Constituição. A 27 e 28 de Maio, os ministros dos Negócios Estrangeiros encontram-se em Viena, antes da Cimeira Europeia de 15 e 16 de Junho.