Última hora
This content is not available in your region

Paris celebra aniversário do armistício em ambiente tenso

Paris celebra aniversário do armistício em ambiente tenso
Tamanho do texto Aa Aa

O dia do armistício da II Guerra Mundial foi celebrado em Paris pelo presidente Jacques Chirac na presença das principais autoridades do Estado e com o caso de espionagem Clearstream como pano de fundo.

Os dois principais actores do caso, o primeiro-ministro, Dominique de Villepin, e o ministro do Interior, Nicolas Sarkozy, cumpriram o protocolo mas o ambiente envenenado surge estampado nos jornais que especulam que Villepin poderá ser substituído por Sarkozy, apesar de Jacques Chirac ter reiterado confiança política no chefe de governo. O caso Clearstream remonta a 2004, quando alegadamente Dominique de Villepin pediu aos serviços secretos franceses para investigarem vários políticos, incluindo Sarkozy, no âmbito de um escândalo de desvio de fundos para o estrangeiro. Um esquema que terá sido organizado pela sociedade financeira Clearstream e cujo dinheiro desviado era proveniente da venda de seis fragatas francesas a Taiwan. As denúncias foram depois dadas como falsas. Villepin e Sarkozy pertencem ambos ao maior partido de centro-direita e são apontados como potenciais candidatos às presidenciais do próximo ano.