Última hora
This content is not available in your region

Ucrânia em suspenso sobre eventual dissolução do parlamento

Ucrânia em suspenso sobre eventual dissolução do parlamento
Tamanho do texto Aa Aa

O futuro do governo ucraniano é hoje decidido pelo presidente, Viktor Ioutchtchenko. O Chefe de Estado pode dissolver o parlamento, na ausência de um Governo, ou aceitar a proposta do partido com maioria parlamentar. Enquanto a equipa de Ioutchtchenko defende o direito do Presidente de convocar novas eleições legislativas, a coligação governamental pró-russa contesta essa possibilidade.

A maioria parlamentar do partido das Regiões propôs o seu líder, Viktor Ianoukovitch, para Primeiro-Ministro mas Ioutchtchenko hesita em aprovar a nomeação daquele que foi seu rival nas presidenciais de 2004. Até agora, as forças políticas em confronto não tiveram sucesso em obter um acordo sobre a formação de Governo.

A crise estalou depois das legislativas de 26 de Março quando a coligação necessária para formar executivo desmoronou, dando espaço à aliança rival. A presidência ainda não fez comentários sobre a situação e deixa assim o país em suspenso nesta nova fase da crise política vivida na Ucrânia.