Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Israel continua a evacuar Kiriat Shmona

Israel continua a evacuar Kiriat Shmona
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades israelitas prosseguem hoje com as operações de evacuação da cidade de Kiriat Shmona, perto da fronteira com o Líbano. No entanto, as sirenes que assinalavam novos ataques com mísseis do Hezbollah obrigaram muitos a fugir novamente para os abrigos.

Quinze mil habitantes já partiram em direcção ao Sul de Israel. Segundo o presidente da Câmara de Kiriat Shmona, dos 9.000 que ainda estão na cidade, a maioria deseja sair. A decisão de evacuar toda uma localidade é algo inédito desde a guerra israelo-árabe de 1948. Nos próximos dias, centenas de israelitas encetarão viagem para localidades do centro do país, nomeadamente Netanya, onde serão acolhidos em hotéis.

O Hezbollah lançou hoje cerca de uma centena de projécteis sobre o norte de Israel. No terreno encontra-se o presidente do Comité Internacional da Cruz Vermelha, que visitou vários abrigos na Galileia. Jakob Kellenberger chegou mesmo a ficar retido durante dez minutos num refúgio, devido ao alarme de um ataque.

Antes de Israel, onde chegou atravessando de carro a fronteira com o Líbano, o dirigente da Cruz Vermelha visitou Tiro, cidade libanesa isolada pelos bombardeamentos hebreus.