Última hora
This content is not available in your region

Luta por uma candidatura socialista ao Eliseu aquece

Luta por uma candidatura socialista ao Eliseu aquece
Tamanho do texto Aa Aa

A acreditar nas sondagens, Segolene Royal é a personalidade de esquerda mais bem cotada para se apresentar como candidata à presidência francesa, nas eleições do próximo ano. Mas antes de concorrer ao palácio do Eliseu a antiga ministra do Ambiente tem que conquistar a candidatura no seio do Partido Socialista, que este fim-de-semana celebra a sua tradicional universidade de verão. Em La Rochelle encontram-se os aspirantes ou potenciais candidatos à presidência.

Dominique Strauss-Khan, antigo ministro das Finanças, já assumiu estar na corrida e este domingo deixou alguns recados. “Não sou um candidato a uma presidência do género De Gaulle, não é a minha essência. Não sou um candidato a uma presidência do tipo Miterrand. Hoje em dia isso não faz sentido. Sou um candidato motivado pelas convicções de dar um novo fôlego à França.

Também candidato à candidatura presidencial está o antigo primeiro-ministro Laurent Fabius. Lionel Jospin, também antigo primeiro-ministro é visto como o “desejado”, apesar das sondagens o colocarem atrás de Segolene Royal. Jospin, que perdeu duas corridas presidenciais contra Jacques Chirac em 1995 e em 2002, recusa acabar com o “tabu” da sua candidatura.