Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Chávez e al-Assad juntos contra a "hegemonia" norte americana

Chávez e al-Assad juntos contra a "hegemonia" norte americana
Tamanho do texto Aa Aa

Uma sólida cooperação política e económica entre a Venezuela e a Síria e uma frente comum face à “hegemonia” norte-americana. Estas são as principais conclusões da primeira visita de Hugo Chávez a Damasco. O presidente venezuelano e o homólogo sírio, Bashar al-Assad, sublinharam que os seus países têm posições comuns relativamente a assuntos internacionais. Chávez convidou al-Assad para uma visita à Venezuela e afirmou que assinaram importantes acordos de cooperação em matéria de petróleo, energia, cultura e intercâmbio de informação.

O líder venezuelano é bastante popular na Síria devido à posição pró-libanesa durante a ofensiva militar israelita. Nas ruas de Damasco, foi calorosamente acolhido por centenas de pessoas, que misturavam fotografias suas e bandeiras da Venezuela com as cores da Síria e do Hezbollah. Por ocasião da visita, Washington exigiu a Chávez que lembre à Síria as suas obrigações internacionais, algo que, tendo a conta a posição ferozmente anti-americana do presidente venezuelano, seria dificilmente acatado.