Última hora

Última hora

Visita de Annan a Israel com fracos resultados

Em leitura:

Visita de Annan a Israel com fracos resultados

Visita de Annan a Israel com fracos resultados
Tamanho do texto Aa Aa

A passagem de Kofi Annan por Israel saldou-se por fracos resultados. Israel rejeitou o pedido do secretário-geral da ONU para o fim do bloqueio aéreo e marítimo imposto ao Líbano. Antes de levantar o cerco, o governo israelita exige que todos os pontos da resolução 1701 das Nações Unidas sejam cumpridos.

O primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, assegurou no entanto que o texto “é um menu fixo a aplicar na íntegra, incluindo o fim do bloqueio, como parte da total implementação dos diferentes artigos”. Apesar das tropas israelitas terem abandonado hoje uma parte do sector oriental do Sul do Líbano, Olmert disse que a retirada total está também condicionada à aplicação integral da resolução.

Esta afirmação minou as expectativas de Annan, que disse que a ONU ía “tentar duplicar nos próximos dias para 5 mil” os efectivos da FINUL “na esperança de que, chegando a esse nível, Israel completasse a retirada e as Nações Unidas tivessem uma força efectiva e credível no terreno”.

Annan apelou também à libertação incondicional dos dois soldados hebreus capturados pelo Hezbollah, depois de ontem se ter reunido com as famílias destes e do militar israelita raptado pelo Hamas. Mas o movimento xiita libanês não cede e apenas está disposto a aceitar uma troca de prisioneiros com Israel.