Última hora

Última hora

Morte de adolescentes recordada um ano depois

Em leitura:

Morte de adolescentes recordada um ano depois

Morte de adolescentes recordada um ano depois
Tamanho do texto Aa Aa

Um milhar de pessoas desfilou em silêncio, esta manhã, nas ruas de Clichy-sous-Bois, nos arredores de Paris em homenagem à memória de Zyed e Bouna. Os dois adolescentes, de 15 e 17 anos, morreram há um ano, electrocutados pelo transformador eléctrico que lhes servia de esconderijo depois de fugirem da polícia. Muhittin econtrava-se com os dois amigos e também ele se escondeu no local fatídico mas sobreviveu. No seu testemunho, afirma que nada tinham feito de mal mas que ainda assim foram perseguidos.

O drama deu origem a três semanas de confrontos entre jovens saídos de bairros sociais e as forças da ordem. 21 dias em que as imagens de carros e edifícios públicos incendiados em França correram o mundo. A marcha desta manhã insere-se num conjunto de eventos que os familiares dos dois jovens, assim como o município de Clichy-sous-Bois, pretendem que decorram num espírito de recolhimento e por isso não se cansaram de apelar à calma.