Última hora

Última hora

Saddam Hussein não deverá ser executado nas próximas 24 horas

Em leitura:

Saddam Hussein não deverá ser executado nas próximas 24 horas

Saddam Hussein não deverá ser executado nas próximas 24 horas
Tamanho do texto Aa Aa

Saddam Hussein não deverá ser executado este fim-de-semana. Os advogados do ex-presidente iraquiano dizem desconhecer a data da sua execução, apesar de terem sido chamados pelo exército norte-americano para recolherem os seus objectos pessoais.

Um dos advogados da Defesa afirmou, no entanto, que Saddam já estava sob custódia iraquiana. A especulação em torno do enforcamento de Saddam começou com uma notícia da estação de televisão norte-americana Fox que anunciava a sua execução durante as próximas 24 horas.

Ziad al-Khasawneh, porta-voz dos advogados o ex-ditador iraquiano, refere que “a execução de Saddam e dos seus colaboradores nestas circunstâncias vai inflamar ainda mais a situação no Iraque, acabando assim com qualquer possibilidade de diálogo para que o país possa voltar a ser o que era. Para além disto nem o costume nem o direito internacional permitem a execução de alguém em dia de festa.”

Quem também contesta a execução de Saddam são os influentes jornais norte-americanos The New York Times e The Washington Post. O diário nova-iorquino é de longe o mais crítico. No editorial intitulado “A corrida para enforcar Saddam”, o jornal afirma que enforcar o ex-ditador não vai resolver os problemas do Iraque.