Última hora
This content is not available in your region

Chirac promete redução fiscal para empresas

Chirac promete redução fiscal para empresas
Tamanho do texto Aa Aa

Jacques Chirac prometeu baixar os impostos às empresas francesas nos próximos cinco anos. O presidente francês, na apresentação de votos de Ano Novo aos sindicatos e associações patronais, prometeu reduzir a carga fiscal, para que as empresas não saiam do país. Isto sem evitar um lapso de língua quase embaraçoso: “As empresas que dão tanto aos trabalhadores, seja em participações ou em aumentos de salário, como dão aos accionistas, devem beneficiar de uma taxa de 20% nos próximos 20 anos… perdão, queria dizer nos próximos cinco anos”.

Em França, as empresas pagam 33,3% de imposto, um valor superior em oito pontos percentuais à média europeia. Na europa do antigos 25, apenas a Alemanha e a Itália têm taxas mais altas.

Aos impostos juntam-se os encargos com a segurança social, que em França são bastante mais elevados que noutros países.

Chirac deixa o Palácio do Eliseu este ano e quis, antes de partir, dar um presente ao sector empresarial. Outro projecto é o de reformar a segurança social, nomeadamente ao fundir os dois principais organismos de combate ao desemprego, Unedic e ANPE.

A redução dos impostos para as empresas é um projecto no qual estão empenhados todos os Estados-membros da União Europeia. O objectivo é reduzir a média para os 16%.