Última hora
This content is not available in your region

Tribunal marcial suspende julgamento por vício de forma

Tribunal marcial suspende julgamento por vício de forma
Tamanho do texto Aa Aa

O processo do primeiro-tenente Ehren Watada foi ontem suspenso por vício de forma. A decisão foi tomada pelo Juiz John Head, que considera existir uma inconsistência na estipulação dos factos. É que, apesar de ter reconhecido as acusações, Watada declarou-se inocente. Por esse motivo, o governo pediu ao tribunal marcial de Fort Lewis a anulação do processo, que deverá voltar a juízo no dia 19 de Março.

Ehren Watada está a ser julgado por ter recusado partir para o Iraque e por ter explicado publicamente os motivos da recusa e incorre numa pena até 4 anos de prisão. Watada, que se converteu num ícone do movimento pacifista nos Estados Unidos, dispôs-se a abandonar as forças armadas ou a servir no Afeganistão, mas o exército norte-americano recusou os dois pedidos e decidiu avançar com o julgamento.