Última hora

Reunião da NATO em Sevilha marcada por ausência de consensos

Reunião da NATO em Sevilha marcada por ausência de consensos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma agenda internacional sobrecarregada transformou a conferência ministerial da NATO num “tiro na água” para os 26 reponsáveis da defesa reunidos desde ontem em Sevilha. Uma falta de consenso sublinhada hoje durante a cimeira NATO- Rússia, em que os dossiês do Kosovo ou dos programas anti-míssil russo e norte-americano aprofundaram as divisões entre Washington e Moscovo.

Foi o estreante secretário da defesa norte-americano Robert Gates que conseguiu atingir uma sombra de consenso em torno da operação militar no Afeganistão. Gates pediu aos membros da Aliança Atlântica para respeitarem os compromissos e reforçar em mais 2.500 homens o contingente da NATO no país. Apenas Espanha, Itália, Lituânia e República Checa responderam ao apelo sobretudo com equipamento militar e hospitalar. Washington prepara uma ofensiva militar para o início da Primavera face ao crescendo de ataques Taliban.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.