A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Prodi faz pacto com partidos da coligação para regressar ao governo

Prodi faz pacto com partidos da coligação para regressar ao governo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da República Italiana, Giorgio Napolitano, retomou hoje as audições aos líderes dos partidos políticos no sentido de encontrar uma solução governativa para a crise desencadeada pela demissão do primeiro-ministro Romano Prodi.

Uma solução que poderá passar por uma segunda oportunidade à coligação de centro-esquerda. O primeiro-ministro demissionário fez aprovar ontem, pelos partidos da coligação, um pacto com 12 pontos inegociáveis. Documento que abre as portas a um novo entendimento governativo.

O programa refere-se aos compromissos internacionais da Itália, nomeadamente no Afeganistão, políticas em favor da cultura e da educação, bem como ao desenvolvimento de infra-estruturas. Para a oposição de Direita, o pacto não tem, no entanto, qualquer valor e por isso o presidente da Forza Itália, Sílvio Berlusconi, já veio defender publicamente a convocação de eleições.

Eleições antecipadas são um cenário radical para a maioria dos analistas mas desejado pelos partidos de direita, até porque as últimas sondagens dão-lhes nesta altura a vitória numas eventuais legislativas.