Última hora
This content is not available in your region

Conselho Europeu de Pesquisa quer atrair cientistas

Conselho Europeu de Pesquisa quer atrair cientistas
Tamanho do texto Aa Aa

Para atrair investigadores, a União Europeia acaba de inaugurar o Conselho Europeu de Pesquisa. O anúncio foi feito pelo Comissário Europeu para a Ciência e Investigação, Janez Potocnik, em Berlim, numa altura em que se estima que faltem cerca de 700.000 investigadores na Europa.

Para o perito em Assuntos Europeus, Hans Martins,
“o importante é tornar a Europa mais aberta a politicas que permitam ter sociedades mais inovadoras. Para que o resto do mundo se reinvente temos que apostar em pesquisa e desenvolvimento”. Acrescentando, ser necessario, no entanto, que esse conhecimento chegue, também, ao mercado para que possa criar riqueza.

A instituição, que vai funcionar de forma autónoma, vai procurar responder aos desafios que se colocam a nível económico, social e ambiental.

Com um orçamento de 7,5 mil milhões de euros, para o período de 2007-2013, o instituto vai contar com 22 investigadores de renome designados por um período de quatro anos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.