A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Crise ucraniana em tempo de Páscoa

Crise ucraniana em tempo de Páscoa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia, as celebrações da Páscoa confundiram-se com as manifestações da crise política que vai fustigando o país. Apoiantes do primeiro-ministro pró-russo cumpriram a tradição e levaram os bolos de Koulitch – o equivalente ao folar português – até à Igreja, para receberem a benção.

Bolos e ovos que alguns dos presentes disseram que lhes foram oferecidos pelo Partido das Regiões.

Viktor Ianoukovitch esteve presente e participou na cerimónia religiosa.

Na noite de sábado, também o Presidente da República, Viktor Ioutchenko tinha participado numa cerimónia religiosa.

Aproveitou a presença de jornalistas para fazer mais uma declaração política, garantindo que a dissolução do parlamento e as eleições antecipadas são para levar, até às últimas consequências.