Última hora
This content is not available in your region

Condições básicas de vida em África debatidas pelo G8

Condições básicas de vida em África debatidas pelo G8
Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã Angela Merkel comprometeu-se a pressionar os países do G8 a cumprirem as promessas de duplicar as ajudas às nações africanas mais desfavorecidas.

A chanceler referiu que durante a cimeira do G8, que terá lugar em Heiligendamm em Junho, os 8 países mais industrializados do mundo vão abordar o tema das condições básicas de vida em África, além da questão financeira.

As intenções da anfitriã da próxima cimeira do G8 foram proferidas em Berlim durante a apresentação do Painel do Progresso Africano, presidido pelo antigo secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan. O comité terá como missão acompanhar o progresso das nações ricas para alcançar as metas de desenvolvimento estabelecidas para África.

Na cimeira do G8 em Gleaneagles na Escócia, os países mais industrializados prometeram duplicar a ajuda financeira e perdoar mais de 40 mil milhões de euros da divida das nações africanas mais pobres.