A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Viktor Ianoukovitch diz que adiamento das legislativas é inconstitucional

Viktor Ianoukovitch diz que adiamento das legislativas é inconstitucional
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a tensão entre o primeiro-ministro e o presidente na Ucrânia. Viktor Ianoukovitch classifica de inconstitucional a adiamento das legislativas no país.

As eleições antecipadas estavam inicialmente, previstas para 24 de Maio mas, esta quarta feira, o presidente anunciou que o escrutínio terá lugar no dia 24 de Junho.

Face ao anúncio Viktor Ianukovitch decidiu interromper a visita ao Uzbequistão e regressar a Kiev. O primeiro ministro, defende que tanto a dissolução do parlamento como o o adiamento das legislativas parlamentares são inconstitucionais.

Recordo, que Viktor Iuchtchenko anunciou a dissolução do Parlamento no início de Abril. Desde então a Ucrânia debate-se com uma grave crise política.

A coligação governamental do primeiro-ministro recorreu para o Tribunal Constitucional, que se encontra, agora, a analisar a decisão do presidente.
Um processo acompanhado por centenas de ucranianos, que se mantêm junto à sede do Tribunal, em Kiev.