Última hora

Pirataria castiga resultados da Warner Music

Pirataria castiga resultados da Warner Music
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Warner Music, antiga filial para a edição musical do grupo Time Warner, teve no primeiro trimestre deste ano um dos piores resultados de sempre. O prejuízo foi de 27 milhões de dólares, o equivalente a 20 milhões de euros, ou seja, quatro vezes mais que a perda realizada no mesmo período do ano passado.

Tal como as outras três grandes do sector, a Warner Music está a enfrentar mal a revolução na forma como o comércio de música é feito. O CD está a dar lugar ao download. O principal golpe vem da pirataria. Não só do download ilegal de música a partir da Internet, como também da venda de CD piratas oriundos de países como a China. Madonna está entre os artistas da Warner que mais venderam no trimestre, mas isso não chegou para impedir o descalabro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.