A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Éxodo dos refugiados palestinianos do Líbano

Éxodo dos refugiados palestinianos do Líbano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os palestinianos do campo de Nahr al Bared, no norte do Libano, continuam a fugir enquanto a trégua é respeitada. Durante a noite não foram ouvidos tiros e esta manhã o grupo islamista Fatah al Islam comunicou que respeitará o cesar-fogo mas não irá entregar-se ao exército libanês, que se encontra a um quilómetro do campo onde os milicianos se entrincheiraram há vários dias.

A trégua em vigor desde o meio-dia de terça-feira permitiu abrir um corredor humanitário para levar água e alimentos aos refugiados encurralados entre os tiros dos islamistas e dos militares. Mais de 31 mil palestinianos habitavam nesse campo de refugiados onde os combates fizeram 68 mortos em três dias. Os militares libaneses não podem penetrar neste território submetido a um acordo tácito que abrange os 12 campos de palestinianos existentes no Libano, que atribui o controlo a facções político-militares palestinianas.