Última hora
This content is not available in your region

Violência sectária mata dezenas de iraquianos

Violência sectária mata dezenas de iraquianos
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 30 pessoas morreram e pelo menos 35 ficaram feridas em mais um dia de conflitos no Iraque. Na província de Diyala um grupo armado atacou a residência de um oficial da polícia matando 14 pessoas. A acção resultou ainda na morte da mulher do oficial e no rapto dos seus 4 filhos.

Dois atentados com carros armadilhados na cidade de al-Qurnah, a 100 quilómetros de Bassorá, tiraram a vida a pelo menos mais 14 pessoas. Um das viaturas armadilhadas explodiu junto a um mercado enquanto a segunda deflagrou num parque de estacionamento.

Até ao momento a localidade não tinha sido atingida pela onda de violência sectária que abala o país. Embora não tenha ainda havido reivindicação do duplo atentado, fontes policiais ligam as ocorrências ao aumento da violência entre as tropas britânica e iraquianas e as milícias do exército Mahdi, na região.