Última hora
This content is not available in your region

Israel admite retomar negociações de paz com palestinianos

Israel admite retomar negociações de paz com palestinianos
Tamanho do texto Aa Aa

Em visita a Nova Iorque, o primeiro-ministro israelita considerou que a chegada ao poder de um novo executivo palestiniano “moderado” pode permitir o regresso às negociações com vista a um acordo de paz permanente com Israel. Um primeiro passo, poderá ser o desbloqueio de impostos e taxas fronteiriças palestinianas retidas por Telavive. Ehud Olmert diz que o dinheiro estava bloqueado por receio de que o Hamas o “utilizasse em acções terroristas”.

Olmert encontrou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, assegurando-lhe que “Israel será um parceiro sério se existir um governo sério na Cisjordânia”.

O chefe de governo israelita mostrou-se também preocupado com os “rockets” lançados ontem contra a cidade de Kiriat Shmona, desde o sul do Líbano.

Os projécteis, que apenas fizeram estragos materiais, foram os primeiros a cair sobre o norte do território israelita desde a guerra contra o Hezbollah libanês no Verão passado.