A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Hamas espera poder negociar com Israel libertação de Guilad Shalit

Hamas espera poder negociar com Israel libertação de Guilad Shalit
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Hamas espera que o fim do cativeiro do jornalista da BBC Alan Johnston abra um precedente para um acordo com Israel que permita a libertação de Guilad Shalit. O soldado hebraico foi capturado a 25 de Junho do ano passado por três milícias palestinianas numa operação transfronteiriça. O Hamas espera obter a libertação de prisioneiros palestinianos em troca de Shalit.

O porta-voz do ministério israelita dos Negócios Estrangeiros, Mark Regev, diz apenas que “tal como aconteceu com Johnston, Israel espera a libertação do seu soldado, mantido como refém pelo Hamas há mais de um ano”. A captura de Shalit foi reivindicada pelo braço armado do Hamas, pelo Exército do Islão e pelos Comités de Resistência Popular.

Recentemente, familiares e amigos do militar reuniram-se para exigir a sua libertação, num momento em que era divulgada uma gravação audio onde Shalit dizia que o seu estado de saúde se estava a deteriorar e que necessitava de ser hospitalizado.