Última hora
This content is not available in your region

Blair optimista sobre possibilidade de paz no Médio Oriente

Blair optimista sobre possibilidade de paz no Médio Oriente
Tamanho do texto Aa Aa

Tony Blair pensa que é possível avançar com a paz no Médio Oriente. Um optimismo embora moderado revelado pelo ex-primeiro-ministro britânico na primeira visita como enviado do Quarteto de Paz e após idas e vindas entre Israel e os territórios palestinianos. Blair encontrou-se hoje em Ramallah, com o presidente palestiniano, Mahmmud Abbas, e outros responsáveis do Fatah para debater a situação. Blair garante que o seu périplo pelo Médio Oriente servirá, por agora, “a ouvir, apreender e reflectir”, antes de voltar à região em Setembro. Antes de Abbas, Blair começou o dia com um encontro em Jerusalém com o presidente israelita. Shimon Peres aproveitou para recordar que o tempo para a paz não é ilimitado.

Foi após o encontro com Peres que Blair defendeu que, face às conversas que teve, pensa que há uma possibilidade de paz que pode ser transformada em algo concreto, embora seja preciso trabalho e tempo. Propostas concretas ninguém quer fazer, até porque a situação é complicada, enquanto Blair tem de apresentar, até Setembro, um plano inicial sobre a estruturas necessárias para a criação de um Estado palestiniano.