Última hora
This content is not available in your region

Espanhóis procuram letra para hino nacional

Espanhóis procuram letra para hino nacional
Tamanho do texto Aa Aa

Em eventos desportivos, como os jogos olímpicos, os espanhóis acompanham a Marcha Real, o hino nacional, com os tradicionais “la la la” ou “chunda, chunda”. Mas há quem queira mudar essa realidade. A Espanha está à procura de palavras para acompanhar a melodia do hino nacional.

A ideia foi primeiro defendida pela Associação das Vítimas do terrorismo, um grupo ligado ao Partido Popular, mas é o presidente do Comité Olímpico Espanhol o homem que carrega esta bandeira.

Alejandro Blanco diz que quando o hino é tocado numa cerimónia olímpica, “a emoção é grande e os espanhóis são um povo que gosta de cantar”. “Faltam as palavras para expressar essa emoção, não só para os atletas, mas para os familiares, colegas e espectadores”, diz o presidente do comité olímpico, que considera esta iniciativa de interesse desportivo e sem quaisquer pretensões políticas.

O debate tem dividido a nação. Alguns espanhois consideram uma ideia estupenda, enquanto que outros acham uma perda de tempo, que só vai levantar problemas em Espanha.

O Comité Olímpico espera receber 5 mil propostas de hino, vindas de toda a Espanha, que serão analisadas e escolhidas pelo parlamento. Todos os espanhois são livres de escrever as palavras que vão acompanhar a Marcha Real.

Para além do país vizinho, há apenas dois estados que tem hinos desprovidos de palavras: A Bosnia-Herzgovina e San Marino.