Última hora
This content is not available in your region

Coligação governamental japonesa perde maioria no Senado, segundo sondagens

Coligação governamental japonesa perde maioria no Senado, segundo sondagens
Tamanho do texto Aa Aa

A derrota anunciada da coligação governamental nas eleições parciais para o Senado japonês parece confirmar-se. Segundo as sondagens, realizadas à boca das urnas, deverá ser a oposição do partido democrata a obter os 64 lugares que garantem a maioria na câmara alta.

A coligação liderada pelo Partido Liberal Democrata do primeiro-ministro Shinzo Abe deverá segundo as estimativas vencer apenas 46 dos 121 lugares em liça.

O resultado abre caminho a um bloqueio institucional prolongado.

Os partidos do governo, que controlam a maioria do parlamento, vão perder a maioria no Senado que tem direito de veto sobre as propostas de lei.

O sufrágio é o reflexo da queda de popularidade de mais de 30% do primeiro-ministro, desde a sua eleição há dez meses. Abe já afirmou que não pretende demitir-se.

Num país envelhecido, a eleição de hoje, cujo resultado deverá ser conhecido a meio da tarde, é marcada pelo descontentamento do eleitorado com a má gestão do dossiê da segurança social, que nos últimos meses levou à saída de três membros do governo.