Última hora
This content is not available in your region

Tribunal nigeriano adia julgamento da Pfizer

Tribunal nigeriano adia julgamento da Pfizer
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal da Nigéria adiou para Outubro o julgamento que opõe o Estado africano à farmaceutica norte-americana Pfizer. A multinacional é acusada de ter afectado centenas de crianças ao fazer testes com um medicamento não homologado. Os advogados do governo pediram tempo para analisar a defesa apresentada pela Pfizer que põe em causa a jurisdição do tribunal visto não ser uma empresa nigeriana.

Só que em 2005, um tribunal federal norte-americano recusou-se a julgar o mesmo caso, dizendo que tal competia aos tribunais da Nigéria… Segundo a acusação, a Pfizer terá testado o antibiótico Trovan em cerca de 200 crianças da região de Kano durante uma epidemia de meningite. Onze terão morrido e dezenas delas ficado com danos permanentes. A Pfizer garante estar inocente.