A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Talibã desistem da libertação de duas sul-coreanas

Talibã desistem da libertação de duas sul-coreanas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os talibã voltaram atrás e já não vão libertar as duas mulheres do grupo de 21 sul-coreanos ainda reféns. A notícia é avançada p’la agência noticiosa da Coreia do Sul, que cita um porta-voz do grupo terrorista. Ontem no entanto, tinham anunciado que elas seriam libertadas sem condições, num gesto de boa vontade. No mesmo dia em que se iniciaram negociações directas, entre os talibã e uma delegação do governo sul-coreano. A notícia agora divulgada vem deitar por terra as esperanças de libertação de todo o grupo.

Foi a 19 de Julho que se deu o rapto de 23 pessoas. Duas delas já foram mortas p’los extremistas. Os estudantes fundamentalistas continuam a exigir a troca dos reféns por prisioneiros talibã. Essa medida tem sido evitada, a todo o custo, p’lo presidente afegão Hamid Karzai, depois de ter sido criticado p’los Estados Unidos quando trocou cinco prisioneiros talibã, pela vida de um jornalista italiano, em Março.