Última hora
This content is not available in your region

Brinquedos chineses deixam de ter tinta com chumbo

Brinquedos chineses deixam de ter tinta com chumbo
Tamanho do texto Aa Aa

A China concordou em pôr fim à utilização de tinta de chumbo nos brinquedos para exportação fabricados no seu território. Um acordo sobre o reforço da segurança dos brinquedos foi assinado esta terça-feira entre as autoridades americanas e chinesas.

A presidente da Comissão de Protecçãos dos Consumidores Americanos, Nancy Nord, considera que “é muito importante que todas as partes entendam que o problema tem que ser resolvido a diversos níveis e que é preciso a cooperação da indústria tanto do lado americano como dos fabricantes chineses e também dos dois governos”.

Para além dos brinquedos, estão abrangidos pelo acordo de reforço de controlo os fogos de artíficio, isqueiros e utensílios eléctricos.

A pintura com chumbo está proíbida nos Estados Unidos desde 1976. Desde o princípio de Agosto, o gigante americano da indústria dos brinquedos, Mattel e a sua subsidiária Fisher Price procederam à retirada do mercado de mais de 21 milhões de brinquedos fabricados na China. Em causa estava a pintura com tinta de chumbo, mas também alguns imanes utilizados em certos modelos que, ao descolarem-se, se revelam potencialmente perigosos para as crianças.