A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Brinquedos chineses na mira de Bruxelas

Brinquedos chineses na mira de Bruxelas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia pode embargar alguns produtos made in China, nomeadamente os brinquedos, se a sua segurança não melhorar substancialmente. A ameaça foi feita em Bruxelas perante os eurodeputados pela Comissária Meglena Kuneva que detém a responsabilidade da protecção do consumidor. No mesmo dia, em Pequim, o comissário da saúde, Markus Kyprianou, reuniu-se com as autoridades chinesas que supervisionam a qualidade dos produtos fabricados no país.

O responsável europeu afirmou ter tido conhecimento das decisões recentes do governo chinês nesta matéria. As medidas são encorajantes mas o que importa são os resultados, sublinha. Bruxelas vai por isso acompanhar de perto a situação e julgar a eficácia das medidas chinesas através de dados concretos, isto é, do número de produtos defeituosos que entretanto forem detectados. A China é o segundo maior parceiro comercial da União Europeia.