Última hora
This content is not available in your region

42 sobreviventes em acidente de aviação em Phuket que fez 88 mortos

42 sobreviventes em acidente de aviação em Phuket que fez 88 mortos
Tamanho do texto Aa Aa

Quarenta e duas pessoas sobreviveram ao acidente de aviação deste sábado na ilha turística tailandesa de Phuket.

O aparatoso incidente fez oitenta e oito mortos. Entre os feridos, cinco encontram-se em estado grave.

O avião da companhia tailandesa de baixo custo One-Two-Go falhou a aterragem sob chuva intensa, deslizando na pista antes de embater contra um conjunto de árvores e muros, partindo-se em dois.

Dos 130 ocupantes, cerca de metade eram estrangeiros, na maioria europeus que se encontravam de férias. A companhia desconhece a existência de portugueses a bordo e o assunto está a ser averiguado pela Secretaria de Estado das Comunidades de Portugal.

As circunstâncias exactas do acidente ainda estão por apurar. Um sobrevivente tailandês disse que o avião efectuou uma descida demasiado rápida. As autoridades vão constituir uma comissão de inquérito para analizar o incidente.

Alguns familiares dos passageiros já se deslocaram aos escritórios da empresa para pedir informações sobre os seus próximos.

Num dos balcões da One-Two-Go, em Bangkok, uma turista alemã reagia com sangue frio à possibilidade de entrar num avião com destino a
Phuket: “Os acidentes acontecem, mas é mais perigoso entrar num carro ou descer umas escadas do que voar num avião, por isso não estou preocupada. As probabilidades de que me aconteça algo são muito baixas.”

A ilha tailandesa é um popular destino de férias, recebendo todos os anos três milhões de visitantes, uma boa percentagem dos quais europeus.