A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Conservadores liberais voltam a vencer eleições

Conservadores liberais voltam a vencer eleições
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vitória para o primeiro-ministro dinamarquês Anders Fogh Rasmussen. Os mais de quatro milhões de eleitores dinamarqueses foram a votos e renovaram a confiança na coligação liberal-conservadora em eleições antecipadas. Com quase a totalidade dos votos apurados, a aliança de centro direita, que integra liberais conservadores, com o apoio do partido do povo dinamarquês, de extrema-direita , não consegue maioria absoluta. Conquistou 89 assentos parlamentares, falta-lhe um deputado.

Anders Fogh Rasmussen salienta a importância deste triunfo: “Esta vitória é histórica porque pela primeira vez o partido liberal ganha três eleições de seguida e porque é a terceira ocasião que consegue ser o maior partido da Dinamarca”.

Andres Fogh Rasmussen aproveitou o bom momento da economia do pais e uma opinião pública favorável para antecipar um escrutinio que só deveria ter lugar em 2009.

Justificou as eleições antecipadas com a necessidade de ter uma situação estável para realizar importantes reformas nos serviços públicos, em particular no sistema de saúde.