A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Extrema-direita consegue terceiro lugar nas legislativas na Dinamarca

Extrema-direita consegue terceiro lugar nas legislativas na Dinamarca
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Partido do Povo Dinamarquês (PPD), de extrema-direita, conseguiu manter o terceiro lugar nas legislativas. O partido de Pia Kjiaersgaard tinha anunciado estar disposto a ceder nas restritivas politicas de imigração caso integrasse o próximo governo. Mas isso não vai acontecer, provavelmente dará, como anteriormente, um forte apoio no parlamento sem integrar a coligação.

O nova aliança, liderado plo muçulmano de origem sirio-palestiniana Nasser Khader, mostrou-se também disponível para fazer parte de uma coligação governamental, mas de acordo com os resultados, tal não será necessário.

A maioria absoluta composta pelos liberais e conservadores poderá no entanto piscar o olho à Nova Aliança em políticas de imigração por exemplo, tema em que o PPD se apresenta radical.