Última hora
This content is not available in your region

Adolescente holandês detido por roubo de bens virtuais

Adolescente holandês detido por roubo de bens virtuais
Tamanho do texto Aa Aa

O crime apagou as fronteiras entre o real e o virtual. A polícia holandesa deteve um jovem de 17 anos, acusado de roubar mobília virtual de quartos do “Habbo Hotel”. Trata-se de uma comunidade on-line muito popular entre adolescentes, onde as compras de todos os bens são feitas com ciber-crédito, mas esse é obtido com moeda real.

Só este ano, a polícia registou oito queixas de utilizadores do “site”. O adolescente é acusado do roubo de quatro mil euros de bens virtuais, depois de ter violando as contas dos outros utilizadores. Trata-se de um primeiro caso de detenção real por um roubo virtual mas as autoridades holandesas levam o caso a sério e interrogam outros quatro adolescentes suspeitos.

O “Habbo Hotel” acaba por ser uma verdadeira economia paralela. Com 80 milhões de utilizadores registados em 31 países, a comunidade virtual permite aos proprietários do jogo facturar, por mês, quatro milhões de euros bem reais.