Última hora

Justiça espanhola condena simpatizantes da ETA

Justiça espanhola condena simpatizantes da ETA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de meia centena de simpatizantes da ETA foram condenados esta quarta-feira a um total de 500 anos em penas de prisão.

O veredicto foi anunciado em Madrid pela Audiência nacional espanhola, após um processo que sentou no banco dos réus 52 pessoas pertencentes a estruturas ligadas à organização separatista basca.

O processo decorreu entre Novembro de 2006 e Março de 2007, e no final 47 arguidos foram condenados a diversas sentenças, que variaram entre os dois e os 20 anos de prisão, e cuja leitura provocou alterações.

A juíza que lia os acórdãos foi obrigada a expulsar da sala alguns dos réus que contestavam as decisões do tribunal. Á saída do edifício a tensão também aumentou quando simpatizantes pró e contra a ETA trocaram insultos e palavras de ordem.

Este foi o maior processo ligado à ETA, organização armada que em Junho decidiu anular um cessar-fogo que durou 15 meses. Recentemente, os separatistas bascos reivindicaram a morte de dois membros da ‘guardia civil’ espanhola abatidos no sudeste de França no início do mês.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.