Última hora
This content is not available in your region

Quotas de pesca do bacalhau reduzidas em 2008

Quotas de pesca do bacalhau reduzidas em 2008
Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros das pescas da União acordaram a redução da taxa de captura do bacalhau para o próximo ano, no Atlântico, entre nove e 18 por cento, segundo as zonas. Uma redução menos drástica do que os 25% inicialmente propostos pela Comissão Europeia.

No Mar do Norte, pelo contrário, a espécie tem vindo a recuperar bem. As taxas de captura autorizadas aumentaram mesmo em 11 por cento.

O bacalhau tem sido uma das espécies mais ameaçadas, sujeita a planos de recuperação, como explica o comissário da tutela, Joe Borg: “Esta decisão agora tomada garante que a pressão de pesca exercida em certos ‘stocks’ pela frota comunitária vai continuar a diminuir. Isto é necessário para assegurar o futuro das pescas europeias.”

Os Vinte e Sete, após 20 horas de uma negociação que acabou na madrugada de quarta-feira, decidiram também reduzir em 10% o número de dias de faina.

Mas a decisão dos Estados membros fica aquém das exigências dos ecologistas. Na segunda-feira, duas centenas de manifestantes da Greenpeace tinham exigido, em Bruxelas, a interdição total da pesca até à recuperação total dos ‘stocks’ piscícolas.