A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Parlamento sérvio prepara-se para dizer não à independência do Kosovo

 Parlamento sérvio prepara-se para dizer não à independência do Kosovo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Belgrado prefere adiar a integração na União Europeia a conceder a independência ao Kosovo. É nesse sentido que aponta a resolução, que o Parlamento sérvio se prepara para adoptar esta quarta-feira. A proposta conta o apoio do presidente, Boris Tadice, e do primeiro-ministro, Vojislav Kostunica, e deve reunir consenso entre os nacionalistas e os radicais.

Os Estados Unidos defendem que a independência é a única e a melhor solução para a província meridional enquanto, a União Europeia se mostra disponível para acolher a Sérvia como Estado-membro.

No entanto, Belgrado apenas reconhece a legitimidade da última resolução do Conselho de Segurança da ONU , adoptada em 99 que estipula a integridade territorial da Sérvia e a soberania desta sobre o Kosovo.

Belgrado declara-se disposta a conceder uma autonomia alargada, mas rejeita a independência da província. Posições que impediram o consenso entre as duas partes na última ronda de negociações.

A província sérvia é administrada desde 1999 pela ONU e conta com uma população de maioria albanesa. No terreno encontram-se 17 mil soldados preparados para responder a qualquer situação de emergência