Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Praga e Varsóvia preparam instalação do escudo antimíssil norte-americano

Praga e Varsóvia preparam instalação do escudo antimíssil norte-americano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro polaco, Mirek Topolanek, foi recebido com pompa e circunstância pelo seu homólogo checo, Donald Tusk, em Praga, esta quinta-feira. Os dois chefes de governo reuniram-se com o objectivo de coordenar esforços para a instalação do escudo antimíssil norte-americano.

No final da reunião das duas delegações, o recém-eleito primeiro-ministro checo mostrou-se compreensivo em relação ao pedido de melhores condições financeiras de Varsóvia a Washington para a instalação da base militar.

De acordo com os planos do Pentágono, a Polónia deverá acolher os mísseis interceptores ao passo que na República Checa vai ser instalado um radar antimíssil.

Washington justifica a necessidade de construir uma base antimíssil no centro-leste europeu para se defender de um eventual ataque iraniano ou norte-coreano. O Pentágono pretende ter a base operacional em 2012, mas ainda não há data prevista para o início da construção do escudo.

Questionado sobre uma eventual data, Topolanek referiu que a cimeira da NATO de Abril, em Bucareste, poderá ser um bom momento para se decidir o início da instalação do projecto extremamente criticado pela Rússia, que se sente directamente visada pela política norte-americana.

E porque a cimeira da NATO está marcada para breve, Vladimir Putin, nomeou por decreto esta quinta-feira, o político ultranacionalista Dmitri Rogozin representante permanente da Rússia na Organização do Tratado do Atlântico Norte.