Última hora
This content is not available in your region

Bush tenta tranquilizar aliados arábes sobre a ameaça iraniana

Bush tenta tranquilizar aliados arábes sobre a ameaça iraniana
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de Israel e da Cisjordânia o presidente norte-americano chegou ao Kuwait com a missão de tranquilizar os seus aliados árabes em relação à ameaça iraniana. Em Israel, George W.Bush qualificou Teerão “de ameaça para a paz mundial” e declarou que a comunidade internacional não deverá permitir o acesso do Irão a armas nucleares. Washington não esconde a sua preocupação com o aumento de influência deste país na região mas todas as vozes se concertam para dizer que o recurso à força contra o Irão seria desastroso.

A imprensa do Kuwait afirma que o Irão constituiu o verdadeiro motivo desta visita ao Médio Oriente para transformar o conflito israelo-árabe num conflito árabe-iraniano.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.