Última hora
This content is not available in your region

Rolls Royce vai despedir 2300 trabalhadores

Rolls Royce vai despedir 2300 trabalhadores
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar das muitas encomendas de motores de avião, a Rolls Royce cortar 2300 postos de trabalho, muito por causa da desvalorização do dólar. A redução de efectivos vai se realizar nos quadros e em cargos da administração. A reestruturação da companhia britânica afecta postos de trabalho no Reino Unido, mas também noutros países como a Alemanha ou os Estados Unidos.

Para o Reino Unido, a Rolls Royce vai tentar, sempre que possível, uma redução de trabalhadores através de saídas voluntárias. O dólar atingiu no ano passado um mínimo histórico de 26 anos face à libra o que, segundo a companhia, influenciou muito esta redução do efectivo.

Os analistas estimam que por cada cêntimo que o dólar recupera na assumção de longo prazo, os ganhos antes de impostos da Rolls Royce no longo prazo crescem 12 milhões de libras.