Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Putine alicia Bulgária para projectos energéticos

Putine alicia Bulgária para projectos energéticos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Bulgária quer ser um país estratégico para a política energética europeia e lança-se numa série de acordos com com a Rússia. Vladimir Putin encontra-se em Sofia para uma visita oficial de dois dias, por ocasião dos 130º anos da libertação da Bulgária de cinco séculos de dominação otomana após a guerra russo-turca em 1877-78.

Esta pode ser a última viagem de Putin como chefe de Estado antes da eleição presidencial do dia 2 de Março. Em Sofia, acompanhado do seu provável sucessor, Dmitri Medvedev, que é presidente do conselho de administração da petrolífera Gazprom, conseguiu convencer a Bulgária a aderir ao projecto de gasoduto russo-italiano South Stream, concorrente do europeu Nabucco.

O projecto deste oleoduto passará pela construção de uma conduta de 900 kilómetros sobre o qual os dois países conseguiram esta manhã chegar a um entendimento.
O oleoduto levará petróleo russo do porto búlgaro de Burgas, no Mar Negro, ao porto grego de Alexandroupolis, no Mar Egeu, servindo, como alternativa à congestionada rota do estreito de Bósforo. Após a conclusão da obra, o oleoduto terá capacidade de transportar entre 35 a 50 milhões de metros cúbicos de petróleo ano.