A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

700 mil palestinianos cruzaram fronteira para Egipto em dois dias

 700 mil palestinianos cruzaram fronteira para Egipto em dois dias
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Calcula-se que já tenham passado 700 mil pessoas nos últimos dois dias pela fronteira entre Gaza e o Egipto, em fuga ao bloqueio israelita. Os números são das Nações Unidas. O que mais falta em Gaza são bens de primeira necessidade.

As autoridades egípcias estão a deixar os palestinianos abastecerem-se sem restrições, depois de uma explosão ter destruído parte da estrutura que divide os dois territórios em Rafah. O presidente Hosni Mubarak, acusou os extremistas do Hamas que controlam Gaza de aproveitarem a situação para implicarem o Egipto nos diferendos inter-palestinianos.

Um habitante de Gaza que atravessou a fronteira considera que a atitude do Egipto contra-balança “a injustiça que Israel está a fazer aos palestinianos” e agradece a coragem das autoridades egípcias.

Várias lojas na parte egípcia de Rafah e de Al-Arich ficaram com os stocks vazios. E muitos comerciantes palestinianos aproveitam para comprar o maior número de bens possível para depois os venderem em Gaza, com alguma margem de lucro.